Jesus, o melhor vinho!

bodas-de-Caná

“Todos servem primeiro o melhor vinho e, depois que os convidados já beberam bastante, o vinho inferior é servido; mas você guardou o melhor até agora”. Este sinal miraculoso, em Caná da Galiléia, foi o primeiro que Jesus realizou. Revelou assim a sua glória, e os seus discípulos creram nele” (João 2:10,11, NVI).

No capítulo 1 do Evangelho de João, Jesus nos é apresentado como Deus e também nos é dito que Ele se tornou homem. A partir do capítulo 2 começamos a ver Jesus entrando na história humana, a fim de mudar a vida de indivíduos e gerações para sempre!

O primeiro milagre: transformar água em vinho

Para entendermos a mensagem do primeiro milagre de Jesus é preciso compreender o contexto em que ele ocorre. As celebrações de um casamento em Israel naquele tempo podiam chegar à uma semana, bastante diferente das comemorações de hoje. As pessoas se abstinham de trabalhar aproximadamente 7 dias para poderem compartilhar a alegria de uma nova família!

As diferenças entre o casamento do oriente e do nosso tempo não ficam só na duração da festa, mas também como quem paga a conta: naquela época e lugar a responsabilidade não era do pai da noiva ou dos noivos, as despesas corriam por conta somente do noivo. Acabar o vinho antes da festa seria um sinal de má organização e desfeita, além de vergonhoso, ao ponto dos parentes da noiva poderem mover um processo judicial contra o noivo.

Mas, Jesus estava ali para livrar aquele noivo de grande aflição. Sem dúvida ter Jesus presente nas circunstâncias para nos livrar de apuros é uma bênção sem tamanho – e quantas vezes em nossa vida normal e cotidiana não somos livrados de problemas: no trabalho, na escola, nas finanças domésticas, na família, pelas misericórdias de Jesus.

O perigo desta era, contudo, é enxergar a manifestação de Jesus apenas sob uma ótica muito baixa e servil.

O propósito do Evangelho de João – e toda a Bíblia – é mostrar que devemos crer em Jesus e nEle termos vida!

Mas, o anseio moderno é querer um Jesus que apenas resolva nossos problemas. Ele resolve, livrou o noivo de um grande problema, mas, Ele não estava lá por isso. Com Seu primeiro milagre e grande sinal, a mensagem foi muito além e deve ser entendida com olhos espirituais; devemos olhar mais alto.

“Se é somente para esta vida que temos esperança em Cristo, dentre todos os homens somos os mais dignos de compaixão”
1 Coríntios 15:19

Ali estava claro que Deus havia guardado o melhor para a humanidade em Seu Filho Jesus, o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo, como testemunhou João Batista. Vieram a Lei e os profetas e não conseguiram resolver o problema do pecado, mas o melhor vinho estava reservado por Deus: O Evangelho de Seu Filho Jesus.

Os milagres têm propósitos muito especiais. Eles demonstram a glória de Deus e causam efeitos no coração do Seu povo. Veja que o texto registra que os próprios discípulos creram. Infelizmente, hoje o ensino é que busquemos milagres para nossa glória, de alguma igreja ou pastor e para causar efeito nos outros, isso não está alinhado com as Escrituras. O versículo 12 nos chama a atenção: “Depois disso ele desceu a Cafarnaum com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos. Ali ficaram durante alguns dias” (João 2:12). Depois do grande primeiro milagre, Jesus não fez uma campanha de testemunho com o noivo, viajando pelos vilarejos, nem incitou as pessoas a buscarem “mais”. O alvo era a Sua glória e amor aos homens. Veja depois o que Ele fez: passou tempo com família e discípulos, seu amigos. O Verbo da vida nos dá ainda essa lição maravilhosa de humildade.

Deus responde orações de cura e opera milagres, mas isso deve nos fortalecer para glorificar o Seu Nome e amar as pessoas, e não a sermos cobiçosos ou a queremos fazer de Deus um servo.

APLICAÇÃO

Jesus age em famílias, em casamentos, Jesus resolve problemas, mas isso precisa ser entendido apenas como o começo de algo maior em nossas vidas – e não podemos ficar começando para sempre, temos que avançar e aprofundar na fé no Filho de Deus!

A maior provisão não foi o vinho. Esse casamento já passou, as pessoas já morreram e tudo acabou. O que Jesus estava apontando é para a provisão maior e eterna, o sangue de suas veias que dariam entrada para sempre na festa no céu que teremos quando chegarmos lá e toda a eternidade com Ele!

O bom vinho, o melhor que foi guardado para o final é o Evangelho, mas que não é somente para ser crido e Seus benefícios desfrutados, é para ser vivido, anunciado e ensinado.

Que a graça de Deus nos alcance a fim de nos envolvermos com o Evangelho completamente, em toda a sua esfera. Não apenas para resolver os nossos problemas, com uma visão curta e temporal, mas para glorificar a Deus e sermos instrumentos dEle para o alcance das pessoas perdidas em nossa geração, em Nome de Jesus Cristo, amém.

Pr. Leandro Hüttl Dias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: