500 Anos da Reforma Protestante!

cruz

ESTÁ CONSUMADO! (João 19.30)

 

Hoje comemoramos 500 anos da Reforma Protestante. Ouvindo o conhecido hino “Rude Cruz”, lembrei que se não fosse Deus soberanamente ter providenciado o movimento que reformou a fé cristã, a mensagem da Cruz não teria chegado até nós.

Fiquei pensando na imagem da cruz vazia e o eterno brado “Está consumado!” de Jesus. Nada disso seria conhecido por nós não tivesse acontecido a Reforma Protestante.

Viveríamos até hoje na época das trevas, como muitos religiosos ainda vivem, pagando promessas, fazendo penitências, rezas, sacrifícios para tentarem ser atendidos por Deus, que na verdade tudo nos deu gratuitamente – sobretudo o sangue de Seu Filho para nos salvar.

500 anos depois, é deprimente ver que há pessoas que ainda fazem procissões atrás de milagres, boas obras em busca da salvação – e que a exploração religiosa ganhou ainda outras vertentes travestidas de evangélicas, com comercialização de milagres, curas, bênçãos, prosperidade e afins – a preços altos como o próprio carro de quem busca tais benefícios da maneira errada e através da venda de objetos abençoados e ditos portadores de poderes especiais.

É preciso, portanto, manter os esforços reformadores, pela Providência de Deus, a fim continuar o movimento de: retorno à Palavra de Deus, a Cristo, a fé e a graça para a salvação, mantendo unicamente a Deus a glória; porque sempre o ser humano tenta fazer o caminho inverso.

Fiz várias postagens aqui no blog alusivas aos 500 Anos da Reforma, todas podem ser vistas sob a tag #ReformaProtestante, e hoje tirei apenas para um breve reflexão sobre a mensagem da cruz e a Reforma. Depois eu me lembrei de algo marcante: aqui no Brasil essa mesma reflexão se desdobrou em uma lei: hoje, 31/10, é o Dia Nacional da Proclamação do Evangelho, Lei nº 13.246 de 12 de Janeiro de 2016, conforme  dispõe o texto legal abaixo:

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

LEI Nº 13.246, DE 12 DE JANEIRO DE 2016.

Institui o dia 31 de outubro como Dia Nacional da Proclamação do Evangelho e dá outras providências.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o Fica instituído o dia 31 de outubro de cada ano como Dia Nacional da Proclamação do Evangelho.

Art. 2o No dia 31 de outubro dar-se-á ampla divulgação à proclamação do Evangelho, sem qualquer discriminação de credo dentre igrejas cristãs.

Art. 3o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 12 de janeiro de 2016; 195o da Independência e 128o da República.

DILMA ROUSSEFF

Este texto não substitui o publicado no DOU de 13.1.2016

 

Mas, 500 anos depois, a pergunta é: qual nossa maior necessidade de reforma como igreja do século 21? Para mim, vejo como maior urgência enxergarmos a vida pela fé além da salvação, direcionando-a para o nosso discipulado cristão cotidiano, deixando a fé permear todas as áreas de nossa vida.

Hoje precisamos de uma Reforma no Discipulado; a vida cristã!

Abaixo compartilho alguns vídeos relacionados ao tema.

Sola gratia, Sola Fide, Sola Scriptura, Solus Christus, Soli Deo Gloria!

Pr Leandro Hüttl Dias

O hino abaixo foi o que mencionei no início deste post:

 

Como igreja local, nossa Igreja Batista em Vila Galvão comemorou a Reforma durante todo o mês de outubro, com: uma série de postagens históricas em nosso Blog, vídeos sobre a Reforma na Escola Bíblica Dominical, Série de Pregações: um sola da Reforma por domingo nos cultos noturnos, orações e um Coral cantando o Hino da Reforma, “Castelo Forte” (323CC). A Deus toda a glória, amém!

prlhd
Dia 29/10/17, no Culto noturno da IBVG, encerrando a série de mensagem que preguei sobre os 5 Pontos basilares da Reforma Protestante: Somente a fé (01/10); Somente as Escrituras (08/10 – esta foi pregada pelo Sem. Guilherme);  Somente Cristo (15/10); Somente a graça (22/10); Somente a Deus a glória (29/10)!
coralreforma323cc.jpg
Coral cantando o Hino da Reforma “Castelo Forte” (323 – Cantor Cristão)

 

luterocavino

justoviverafe

LUTERO
“É MELHOR ser dividido pela verdade do que ser unido pelo erro” (Martinho Lutero)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: