O que são Missões (o “Ide”) e a urgência da Edificação

Missões referem-se às diferentes formas adotadas pelas igrejas para anunciar o Evangelho (que é a própria Missão de Deus: o Pai planejou a Salvação, o Filho a executou e o Espírito aplica a Rendenção nos que creem!). Quando falamos sobre o Evangelho, não estamos discorrendo apenas sobre a fé salvífica inicial, mas a todo o plano de Deus para a Redenção, que inclui a edificação do ser humano na fé uma vez abraçada: “Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos” (Jd 1:3).
Meu coração aperta quando alguns interpretam que o “Ide” (Mt 28.19) é cumprido quando evangelizamos, achando que, uma vez que alguém faça sua decisão por Cristo está tudo certo – quando ainda há toda uma tarefa de edificação pela frente! O teólogo M. J. Erickson escreveu assim:

Uma igreja que prioriza somente a edificação tende a produzir cristãos que sabem muita doutrina bíblica, mas são espiritualmente áridos na vida, porque pouco conhecem da alegria de adorar a Deus e de falar aos outros sobre Jesus Cristo. Mas uma igreja que faça da evangelização sua prioridade, acabará tendo cristãos imaturos que enfatizam o crescimento numérico, mas que possuem cada vez menos […] maturidade doutrinária e santidade pessoal na vida. 

Muitas pessoas deixam as igrejas e o Caminho do Senhor quando não são edificadas (ganhamos muitas, mas perdemos outras tantas). Além disso, quando falamos de organizações missionárias (de homens, de mulheres, de jovens…) estamos falando, biblicamente, de organizações que devem evangelizar, mas que também devem se ocupar com a obra contínua e árdua de edificação. Neste sentido, quais os problemas das mulheres, homens, jovens e crianças de nossos dias? No que eles precisam ser tratados, em suas características peculiares? Precisamos de mais obras de edificação na Igreja, e isso com profundidade! Amemos missões, porém, segundo o entendimento completo do objetivo: evangelizar, edificar, adorar e, ainda, praticar a ação social. Fazer discípulos, leva uma vida inteira!
“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém” – Mateus 28:19-20.

Leandro Hüttl Dias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: