UMA ORAÇÃO DE LIBERTAÇÃO


                          Leitura: Salmo 42.1-11 (CLIQUE NO SALMO PARA LÊ-LO)

Sim, foi isto que aconteceu com a igreja cristã. Liberta das amarras da igreja oficial, embora esta vá reagir com a Inquisição se tornando mais intensa, perseguindo, torturando e matando mesmo os crentes que se declaravam fiéis a esta nova existência na presença de Deus, sem a necessidade de um tutor, o fato verdadeiro é que os crentes vão passar a ter livre acesso ao Pai.

A Bíblia não está mais trancada nos monatérios e conventos… O seu texto já não está mais restrito a uma língua que muitos consideravam “morta”. Ela agora podia ser lida e pregada no idioma de cada povo. Com isto, as idéias reformistas foram se desenvolvendo e os novos tempos chegaram.

Digamos que o texto do salmo 42 inspirou a todos aqueles que viveram esta época, como uma oração coletiva que se alastrava pelo mundo:
 
“Como o cervo anseia pelas correntes das águas, assim a minha alma anseia por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo”. Sl 42.1,2

Assim, a vida cristã passou a ter um novo patamar. Aquele viver monitorado pelo clero, que tanto católico como protestante, ditavam normas e cobravam indulgências, foi ficando no passado e a igreja cristã ganhou ares mais liberais, permitindo ao crente que ele mesmo, se tornasse mentor de sua vida santa e separada. Em contato direto com o Pai, ele podia orar para pedir, agradecer, interceder. A “reza” oficial vai perdendo seu efeito, ficando a critério de cada pessoa, em decorrência do seu maior e melhor relacionamento com o Pai, fazer a sua oração de fôro íntimo, sem os ditames de uma prece decorada.

O crente, passou a dirigir-se diretamente ao Pai, levando a ele todo o seu sentir e querer. Os versículos finais do salmo testemunham o sentimento que deve ter inspirado a muitos crentes do passado, nas orações que pronunciavam em face das dificuldades e contrariedades da vida: “Por que estás abatida, ó minha alma, e porque te perturbas dentro de mim? Espera em Deus… Ele que é o meu socorro e o meu Deus.” Sl 42.1,2

Oração para o dia: Concede-me, Senhor, esta mesma disposição do salmista em estar na tua presença, para rogar por teu amor e agradecer a bênção recebida.

Fonte: Portal Batista – www.batistas.com

Um comentário em “UMA ORAÇÃO DE LIBERTAÇÃO

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: