Sempre acontece alguma coisa






Essa semana li algo do livro mencionado abaixo e gostei tanto que decidi postar este trecho. Espero que ajude e seja tão bom para você como foi para mim.

Trecho do livro “Sempre acontece alguma coisa” de Charles Swindoll, sobre os problemas da vida.

Sempre acontece alguma coisa
Minha esperança, inicialmente, é dizer que ninguém está imune as adversidades da vida. Decidi dar alguma esperança de que não só podemos enfrentá-las como podemos aceitá-las, mas também ir além delas.  Principalmente assegurar a você que não estamos sozinhos nessa luta.

Aquele que nos fez, entende. Embora Ele o force até o último ponto em que você não aguenta mais, Ele nunca está longe. Porque Ele se importa, Ele está perto, embora não o vejamos. E porque Ele nos ama, Ele quer assegurar-se que conseguiremos vencer.

Pouco tempo atrás li uma história que ilustra essa idéia de forma maravilhosa. Ela foi contada por um bispo episcopal do Colorado chamado William Frey e é mais ou menos assim:

Quando eu estudava na Universidade de Colorado em 1951, passava algumas horas da semana lendo para um colega. Seu nome era John, e era cego. Um dia eu lhe perguntei como havia perdido a visão.  Ele me contou sobre um acidente que tivera quando era adolescente e como, naquele momento, ele tinha desistido da vida. ‘Quando o acidente aconteceu e descobri que nunca enxergaria, senti que a vida tinha terminado. Fique amargo e irado com Deus por deixar que aquilo acontecesse e despejei minha ira em todos a minha volta. Sentia que, já que não teria futuro, não faria nada para me ajudar. Deixaria que os outros me servissem. Fechei a porta do quarto e saía para comer’.

O homem que eu conhecia era um havido aluno e tive que perguntar o que tinha mudado a sua atitude. Ele me contou a seguinte história: ‘Um dia, em meu desespero, meu pai veio até meu quarto e começou a me dar um sermão. Ele disse que estava cansado de me ver sentindo pena de mim mesmo. Disse que o inverno estava chegando e que eu teria de colocar a proteção das janelas contra as tempestades. ‘Coloque a proteção das janelas até a hora do jantar, senão…!’ Ele gritou batendo a porta atrás de si. ‘Bem’, disse John, ‘fiquei com tanta raiva que decidi fazer o trabalho! Reclamando e xingando, fui tateando até a garagem, peguei as telas de proteção, uma escadinha, todas as ferramentas e comecei a trabalhar. Vão morrer de pena quando eu cair da escada e quebrar o pescoço, pensei, mas, pouco a pouco tateando o que estava fazendo, terminei o trabalho’.

Ele fez uma pausa e seus olhos sem visão encheram-se de lágrimas: ‘Descobri mais tarde que o meu pai nunca se afastou mais do que alguns poucos metros de mim enquanto eu trabalhava’.

A primeira suposição é que Deus está presente – ao nosso alcance – embora possamos perceber ou não.

Vencer as dificuldades nem é algo fácil e rápido. É o que faz com que a vida pareça dura e injusta, algumas vezes até impossível, mas saber que temos o nosso Pai por perto pode ser o suficiente para nos manter de pé e nos tornar capazes de enfrentar qualquer coisa que o amanhã trouxer. Já que sempre acontece alguma coisa… a boa notícia é: Ele sempre está perto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: